Esportes – Elton Bonifácio

Hoje inicio uma nova etapa neste site, pelo menos para mim e para todos que compartilham a mesma paixão pelos esportes, que fique bem claro que não é somente o futebol, afinal, já é nítido ver que o Brasil não é somente o país do futebol – mesmo que alguns não concordem – mas é também o país do vôlei – somos bi campões no feminino e masculino –  da ginástica olímpica – quem não se lembra de Arthur Zanetti, campeão olímpico – da natação, do basquete e de tantos outros.

Vou tentar neste espaço escrever de tudo um pouco, afinal, ser amante do esporte é assim, é ter um olho no peixe e outro no gato, é esperar o domingo chegar para acompanhar os jogos da Premier League (enquanto escrevo esta coluna o Chelsea acaba de abrir o placar contra o Manchester City), é acompanhar no notebook um jogo de futebol americano e no iMAC o campeonato brasileiro, é chegar na segunda-feira e discutir o que os times fizeram de certo, qual o melhor esquema tática, etc.

Por falar nisto, estamos nos encaminhando para a reta final do Campeonato Brasileiro da série A, faltam apenas sete rodadas, ou seja, 21 pontos a serem disputados e a vantagem do Cruzeiro é colossal. Escrevo esta coluna antes do jogo do Grêmio acontecer e, caso o Grêmio vença, a diferença será de nove pontos que, devida ao atual cenário, fica quase impossível ser alcançado.

Bom para o Cruzeiro que, mesmo não apresentando um bom futebol há algumas rodadas, sempre foi competitivo e tem vencido os seus adversários na hora que precisa e claro tem contado com a sorte, afinal, está para nascer um time que um dia se tornou campeão sem contar com a famosa Dona Sorte. Ontem contra o Criciúma foi assim e uma expulsão mudou o rumo do jogo. Sorte e competência andam alinhados e isto o time de Marcelo Oliveira tem de sobra.

Já o time do Galo perdeu mais uma ontem para o Botafogo. Sinceramente, não acredito muito nesta história de freguesia ou que o time sempre treme quando encontro o outro alvinegro das bandas cariocas. É fato que o histórico recente não tem sido favorável para os mineiros, mas neste ano o momento é diferente. O time de Cuca está em um momento de preparação para disputar o título mais importante de sua história. Não é o momento de sobrecarregar ninguém, afinal, a vaga já está garantida para a Libertadores do ano que vem e forçar alguém agora seria uma loucura. Já dizia o meu querido avô que foco é tudo na vida. Então que haja foco!

Independentemente da competição, os mineiros estão voando alto, deixando para trás todas as demais regiões desta imensa terra chamada Brasil.

Permitam-me, com isto, terminar a nossa primeira coluna de forma diferente, correndo o risco de ser taxado de blasfemador, mas o ano de 2013 não é o ano do galo, mas, sim, o ano dos mineiros!

Nossa coluna volta em breve. Espero que tenham gostado

Elton Bonifácio

Author

Add Comment

Your email is safe with us.

Cadastre-se no Alcancei

Os detalhes da conta serão confirmados por email.

Redefinir Sua senha