Menu

Cidade

PAUSA PARA O CAFÉ

Velhinhos nervosos  Lobao

 

Sim,sim, o dia de hoje é para falar de gente que felizmente ainda é nervosa, e paudurecente na música brasileira. Hoje falo do controverso Lobão e o novo hit Eu não vou deixar, e daqueles que botam a cara pra bater sem medo de ser engolido pelas marolas que insistem em continuar.

A música brasileira passa hoje por mais um momento crítico, e com doutrinadores direitistas e esquerdistas, ou seria pseudo doutrinadores cujo o único lado é o interior. Se antes só se podia fazer sucesso pagando jabá, hoje parece que o único jeito de aparecer por aí é fazendo parte de um Coletivo. Mas pera aí; Coletivo? o que é isso? Acho que os tempos líquios que vivemos não nos permite abraçar uma causa, que seja coletiva, e esses tais coletivos muito mais me cheiram a um agrupamento  de indivíduos com interesses próprios do que o que o nome sugere. Sei que existe gente séria nesses meios, e espero que essa gente consiga mudar os rumos que a música anda seguindo. Que tem coisa muito boa na cena, tem, mas como descobrir?

 

Presta atenção

 

Mesmo que eu não conorde com a política loboniana, ele ainda continua um dos poucos grandes artistas que consegue se posicionar, sem medo do tal mercado. Certo ou errado o tempo é o único que pode julgar, mas vale, e vale muito ouvir a nova música do cara,e parar pra pensar.

 

Cofere a paulada aí.

 

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=uRWp63iFsNg

 

E agora? essa é a pergunta, a provocação que deve ser feita por todos nós.

 

Vale apena conhecer

 

Vale a pena conhecer a banda de rock nervosa e pulsante, e que sim, tambem bota a cara pra bater, independente dos resultados e opressões que isso possa causar. A prova disso é a construção da excelente Pção de Queijo Fields Forever, que mexe na ferida da oligarquia mineira. Sim, eles tem coragem pra falar dos Papas da música mineira, e sua prole. Gosto sim do clube da esquina, e muito, mas parece que aqui só vai pra frente quem é descendente ou condescendente desse movimento. Mas se for  assim, onde buscar diversidade? Será que o pão de queijo num ta velho demais?

A banda Bertola e os Noctívagos fala muito bem disso, e de outras várias mazelas modernas. Quem não conhece ta perdendo, e quem tem medo, que saia da frente.

 

Confere aí

 

http://www.youtube.com/watch?v=Hu7jGgLD71Y

 

O clipe oficial da música estar por vir, e qdo sair eu posto aqui, mas enquanto isso, ouça e ouça al

 

Gostou? ouça mais

 

http://www.radio.uol.com.br/#/artista/bertola-e-os-noctivagos/409903

 

 

Volto em breve, tentando ser mais calminho

 

No mais,

 

Abraços e até lá

Ricardo Tamietti Jardim

Blog Música

Seja um parceiro do Alcancei!

Seja um parceiro do Alcancei! e tenha sua empresa alcançada rapidamente.

E-mail: contato@alcancei.com.br

Telefone: (31) 3046-1577