Menu

Cidade

BOAS FESTAS A TODOS QUE TÊM O PRIVILÉGIO DE CONVIVER COM ESSES SERES ESPECIAIS, PELUDOS E DE FOCINHOS GELADOS!

feliznatal

Dê a ele o presente de natal que ele merece!

Fim de ano, natal, réveillon e estão todos envolvidos em festas. Hora de comemorar o aniversário do nosso Senhor Jesus Cristo e as próprias conquistas realizadas durante o ano com Suas bênçãos. Hora também de planejar o novo ano, novos projetos e um clima de fraternidade e alegria toma conta das pessoas. No entanto, é necessário tomar alguns cuidados para que as festas não terminem com tristezas e danos irreparáveis. É preciso não se esquecer de cuidar de todos os integrantes da família, sem distinção.

Todos os anos, nessa época, as pessoas envolvem-se em comemorações, compras, viagens e muitas vezes esquecem-se de cuidar daqueles que dependem completamente delas para estarem bem, alimentados, seguros e felizes. O número de animais de estimação que desaparece é enorme. Isso porque as famílias negligenciam com os cuidados referentes a portas e portões. Os foguetes, barulhos, pessoas diferentes em casa podem levar o animal a sentir-se acuado e optar pela fuga. Manter a atenção dispensada durante os outros dias do ano é essencial. Cuidar para que o cão não seja esquecido dentro de carros enquanto as compras são feitas é algo que garantirá a vida do membro mais vulnerável da família. Há tutores que esquecem seus peludos fechados dentro dos carros, sem oxigênio e correndo o risco de morrerem asfixiados. Sem falar, daqueles que têm seus carros roubados e o cão vai junto. São coisas que acontecem durante todo tempo, mas no mês de dezembro multiplicam-se os casos.

Além da proteção é preciso ficar atento também para a alimentação que pode trazer grandes transtornos. Comida muito temperada, engordurada e ossos são os grandes vilões, já que os cães e gatos observam atentamente o momento certo em que poderão ter acesso a essas “guloseimas”. E há ainda aquelas famílias que resolvem permitir que os animais façam parte das ceias e comam um pouco de tudo. No final das contas, dores de barriga, diarreias, desidratações e muitas vezes, horas no veterinário tomando soro.

Os petshops também lotam nesse período e o resultado da correria pode ser animais feridos quando não mortos. O ideal é não deixar para última hora e nunca levar os pets em lugares que não sejam de confiança.

Ah!!! E vamos combinar que deixar o animal sozinho não é nada bacana. Sequer é compreensível. Se ele faz parte do cotidiano, divide a luta do dia a dia com toda família, não é nem um pouco justo deixá-lo sozinho em dias de comemorações. Para quem vai viajar, ou passar as festas nas casas de parentes e amigos, o ideal é levá-lo. Logicamente bem acomodado na caixa de transporte, no carro para que não haja acidentes. Caso isso não seja possível, há hoteizinhos confiáveis, pessoas que cuidam do seu peludo com carinho e responsabilidade. Há casos tristes em que os animais ficam sozinhos, fogem e nunca mais são encontrados. Outros em que o pobrezinho sente tanto medo dos fogos que sofre avc ou parada cardíaca. Não são poucos os relatos de arrependimentos muito sofridos a respeito desses episódios. Sendo assim, o melhor é lembrar-se do seu amigo como integrante da sua família e devolver a ele, como presente de natal, o amor e a dedicação que ele oferece a cada dia na convivência com a família.

Fim de ano chegou. As pessoas entraram em outro astral, outro estado de espírito e a vida parece ter um ritmo diferente. O mais importante é o sentimento de fraternidade e solidariedade que ganha lugar no coração de quase todos. Cuidemos para que nossos animais façam parte desse momento tão agradável e importante. Ninguém há de negar o quanto eles merecem.

Rose Mussi

Bichos Blog

Seja um parceiro do Alcancei!

Seja um parceiro do Alcancei! e tenha sua empresa alcançada rapidamente.

E-mail: contato@alcancei.com.br

Telefone: (31) 3046-1577